Garota com depressão pede “corte tudo”, mas a cabeleireira não aceitou…



Existem vários níveis de depressão e em alguns casos até as atividades mais básicas do dia-a-dia podem ser comprometidas — como pentear o cabelo.
Uma americana de apenas 16 anos, do estado de Iowa, se encaixa perfeitamente neste quadro... e sua história tem comovido a internet nos últimos dias.
Tudo começou quando a cabeleireira Kayley Olsson ouviu as seguintes palavras:
“Pode cortar tudo.”
Kayley não aceitou o pedido.
Em vez de passar a máquina na cabeça da garota, ela decidiu trabalhar para restaurar o cabelo (e a confiança) da jovem.
Kayley também é jovem, mas isso não impediu que se sensibilizasse pela história da garota. Ela trabalha no salão Capri Waterloo e, como de costume, fez questão de compartilhar o “antes e depois” da transformação.
Porém, desta vez, as fotos não eram apenas um atestado da sua habilidade...
Existia uma história importante por trás que a cabeleireira entendeu que mais pessoas deveriam conhecer.

O relato de Kayley viralizou no Facebook.
“Hoje eu vivi uma das experiências mais difíceis com minha cliente, que vou manter anônima.
Eu recebi essa menina de 16 anos que está passando por uma depressão há anos.
Ela chegou ao ponto de se sentir tão mal que não escova mais o próprio cabelo. Ela me contou que só se levanta para ir ao banheiro.
Ela voltou para a escola há algumas semanas, mas hoje ela tiraria suas fotos escolares.
Quando ela chegou no salão, ela só pediu para cortar todo o cabelo — ela se sentia inútil.
Isso partiu meu coração e nós tentamos de tudo para recuperar o cabelo dela.
No fim, eu quero que isso sirva de lição para outras pessoas.
Saúde mental é algo importante, e afeta pessoas em todo o mundo de todas as idades!
Os pais precisam levar isso a série, em vez de pressionar as crianças a superarem algo que elas simplesmente não conseguem.
Uma criança nunca pode se sentir tão inútil a ponto de não querer pentear o próprio cabelo.
Após trabalhar por 8 horas ontem e mais 5 horas hoje nós finalmente conseguimos fazer essa linda garota sorrir e se sentir importante.
As últimas palavras dela para mim:
‘Eu vou sorrir para as fotos da escola hoje, você me fez sentir como eu novamente’.”
Com certeza não foi só o cabelo da menina que foi recuperado — a confiança também!
Depressão é coisa séria.
Lembrando que a depressão não é uma doença igual para todas as pessoas que sofrem dela — o que deixa o diagnóstico um pouco mais complicado.
Há alguns sintomas da depressão que podem ser observados no dia-a-dia:
1. Parar de usar os produtos que utilizava diariamente.
2. A geladeira está cheia de comida estragada
3. Outras pessoas perguntando se está doente.
4. O quarto está uma bagunça.
5. A força e o tom de voz diminuem.
6. Uma pilha de roupas sujas começa crescer no canto do quarto.
7. O lixo está transbordando.
8. Perda do prazo de todas as tarefas na escola ou no trabalho.
9. Cancelamento de planos com amigos e familiares.
10. Fica cada vez mais difícil entrar em contato.
6% dos brasileiros são afetados por depressão.
Assim como Kayley, a nossa intenção neste post é alertar para a gravidade da depressão na vida das pessoas. Pode ser uma doença silenciosa e negligenciada.
Obviamente, esta publicação não substitui a ajuda de um médico especialista.
Se você precisa de ajuda, fale com amigos e familiares.
Se você conhece alguém que precisa de ajuda, ofereça atenção e apoio.
Concorda que mais pessoas deveriam saber da história dessa menina? Compartilhe com seus amigos!

Via: Awebic

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Christiane Torloni desabafa sobre morte trágica do filho: "Não existe superação. Todo dia, você começa com sua dor".

A triste dor do adeus! Veja 10 famosos que perderam os filhos cedo demais.

Médica catarinense que morreu após câncer deixou carta de despedida com reflexões e conselhos: 'A vida é hoje'.